POSAGE DE TÈNE (Português)

Como observado, é um depósito particularmente particular, dando-o a uma cultura e periodizá-lo. Em 1885, Tischler divide o período de Hallstatt em 2 e o Téne em 3 com base na evolução de espadas, punhais e fibulas. Em 1902, Reinecke realiza uma periodização, hoje considerou clássica: coloca grupos transitórios (grupos humanos que introduzem cremação) na Idade do Bronze, estabelecendo 4 períodos de Hallstatt (A, B, C, D). Os dois primeiros correspondem ao bronze final e ao resto para a idade de ferro. Essa continuidade é apreciada no desenvolvimento de Hallstatt nesta nova previsão.

O próximo passo seria Tène com Hildebrand como protagonista, dividindo o Tène em 3 períodos, hoje eles são 4. O uso do epônimo Depósito para extrapolar tudo que uma cultura causa dificuldades. Essas 4 fases, em Téne, no reservatório epônimo não há fase A, mas em outros. Finalmente, conhecemos Wells que divide o tène em 4 períodos que vão:

  • la tène a: 475-400 a. C.
  • la tène b: 400-275 a. C.
  • o tène c: 275-130 a. C.
  • o tène d: 130-18 a. C.

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *