Mamãe de Justin Bieber revela por que ele não abortou

pattie mallete tinha 18 anos e viveu em um abrigo para jovens grávidas depois de anos de constante abuso sexual e depressão quando tinha uma criança que pensava Ele colocaria Jesse, mas cujo primeiro grito soava como uma música.

Quando chegou ao mundo, o bebê parecia mais como um Justin e seu sobrenome não era malhava. É Bieber.

Você tem que ser totalmente desconectado do mundo para não saber pelo menos algo da história de Justin Bieber, que saltou para a fama mundial por um vídeo do YouTube, ou seu exército leal de admiradores gritons, apelidado Beliebers e seus 28 milhões de seguidores no Twitter.

Mas o que muitos possivelmente não sabem são as dificuldades que sua mãe passou, começando com o doloroso divórcio de seus pais, os anos de turbulência emocional e partidos descontrolados pelo qual A escola negligenciada e sua abordagem a Deus depois de uma tentativa de suicídio seis meses antes de estar grávida de Justin.

Mallette, 37, plasma todo o passado no novo livro “Em nenhum lugar, mas até: A história de Justin Mãe de Bieber “, publicada pelo Personal Revell Expend Editorial. É uma história poderosa contada sem muitos remédios e escrito em colaboração com A.J. Gregory, que também é mãe. Uma fração dos ganhos do livro será destinada a albergues como aquele que recebeu Mallette no Canadá quando sua mãe passou a casa para grávida.

Mas seus problemas começaram muito antes disso, e Mallette não Ele esqueceu.

“escrevendo o livro fazia parte do meu processo de cura”, disse ele em uma entrevista. “Apenas tendo que reviver as coisas enquanto escrevo, há partes que ainda causam dor quando se lembram deles.”

Mallette tinha 2 anos quando viu que seu pai alcoólico e abusivo foi de casa. Ele tinha cerca de 3 anos quando era vítima de abuso sexual por parte de um conhecido. Mallette não identifica as múltiplas pessoas que abusaram, incluindo uma babá e avô de uma amizade, mas as últimas palavras de seu livro dizem muito: “Para meus abusadores: Perdão”.

“Eles me estupraram Tantas vezes que, como os anos passavam começaram a olhar para o normal “, escreveu Mallette. “É estranho, sabendo que algo está errado e, ao mesmo tempo, considera algo comum e familiar.”

medo, odeio e a noção de que era uma “garota suja” desprezível seguiu-a por sua vida Enquanto o “vazio de um pai no meu coração” a trouxe em estradas robustas, bebendo álcool e drogada até que ele perdeu a consciência, desde 14 anos.

Mallette fumou maconha e LSD. Ele deixou sua casa aos 16 anos e para manter seu uso de drogas cometeu pequenos crimes e vender maconha. Desde a idade de 15 anos, a relação intermitente negativa começou com o pai de Justin, Jeremy Bieber. Aos 17 anos, ele se jogou na frente de um caminhão e acabou na divisão psiquiátrica de um hospital.

Lá, ele encontrou a religião cristã, embora sua fé vacilasse logo depois e voltasse à sua antiga vida de excessos . Foi então que ele estava grávida de Jeremy, mas resistiu à pressão daqueles em torno dela para abortar. “Eu sabia que tinha que fazer o que era necessário, mas não pude abortar isso.”

não poderia voltar para casa, então ele teve que lutar para sobreviver com a ajuda que ele deu a ele o governo depois que ele era nascido justin. Ele trabalhou em empregos no intervalo para ser capaz de comprar fraldas e pagar o aluguel, enquanto procurava como chegar à frente sem um diploma do ensino médio.

com a ajuda de um vizinho, que lhe pagou um ano de creche, Mallette recebeu um ano seu diploma do ensino médio e, em seguida, estudou páginas da web com uma bolsa de estudos.

Enquanto isso, a capacidade de seu filho com a bateria e a guitarra, assim como sua grande voz surgiu, também Como sua natureza hiperativa e seu amor por futebol e hóquei.

Justin ganhou dinheiro jogando o violão e o Djembe que eles tinham dado a ele. Mallette afirma que ele nunca o forçou a cantar nas ruas por dinheiro, mas ele ganhou milhares de dólares após a primeira vez que ele fez isso por diversão aos 6 anos.

sucesso cresceu como uma bola de neve quando Justin tinha 12 anos e sua mãe publicou vídeos no YouTube para parentes distantes que foram rapidamente vistos por milhões de pessoas. Então veio a scooter Braun, um gerente tenaz que lançou a corrida de Justin quando tinha apenas 13 anos e acabara de sair do ensino médio.

Agora Justin tem 18 anos, a idade que eu tinha sua mãe quando Ele tinha isso. Mallette disse que está lutando por sua independência e se mudou para uma casa que ele comprou em Calabasas, Califórnia. Sua mãe não é convidada, mas ela mora nas proximidades.

“Ele não quer que ele esteja em seu espaço, mas ele é muito bom”, disse Mallette, que costumava viajar com Justin em todos os lugares.

Justin também tem uma namorada, Selena Gómez, a quem Mallette ama.

“é uma doçura, é gentil, generoso e adorável”, disse Mallette, a quem os admiradores muitas vezes chamam de mamãe no Twitter.

Mallette contou Justin sobre o seu último quando eu tinha 12 anos Anos, depois que ela começou a ir a grupos de terapia.

“Eu pensei que era grande o suficiente, maduro o suficiente para conhecer minha história e falar sobre ela”, disse ele. “Parecia-me que era importante que conversamos, sempre fiz muitas perguntas e sempre tentei protegê-la para que a mesma coisa não aconteça.”

em 21, os anos do maleiro decidiram que eu não faria sexo fora do casamento. Ele não se casou novamente, mas disse que está pronto para deixar para trás outra promessa, aquela que fez Justin quando se mudou para os Estados Unidos e prometeu a ele que ele não teria citações até que ele completasse 18.

” Hora de começar a ter compromissos “, disse ele sorrindo.

Embora tenha certeza de que Justin será um juiz duro para os candidatos.

” será difícil agradar “, ele disse. Mallette. “É muito protetor, mas você definitivamente terá que dar sua aprovação.”

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *